1.

E fiquei com cortes no coração. Cortes verticais, horizontais, diagonais, oblíquos, concorrentes, tangentes. Fiquei com o coração traçado por rectas infindáveis que me dificultavam o batimento cardíaco, e tenho ideia que foi por isso, que me tornei tão dura. Comigo própria, contigo, com o mundo em geral. As palavras faltam-me. Ando a ficar sem paciência para me dedicar um pouco a escrever-te, porque de facto, és daquelas pessoas, a quem as palavras nunca chegam, e nunca tocam. E, dalguma forma, isso magoa-me. Não por não as leres, mas sim por não as perceberes. E tu insistes. Insistes em continuar no desprezo, quando sabes que isso me magoa mais do que qualquer coisa. Mas depois também nunca te vais embora, e eu fico dividida entre o ir embora e o aguentar. E eu aguento sempre. Aguento o que te digo, que sei que não é bom de todo, aguento o que me dizes e o que não dizes. E nunca, nunca vou embora. Sou parva o suficiente para nunca ir. E não sei. Não sei o que fazer, sinceramente. Estou tão vazia de alma, que já nem o teu (des)amor me calma. Dói meu pequeno lírio, dói. Não te vou negar, porque tu já o sabes. Dói muito. Mas dói muito mais, pensar que há 7 meses atrás, estava a chorar por outra pessoa, e a pedir por tudo para a esquecer. É aí que tu apareces. Para me salvar. E eu nunca esperei que me salvasses sempre. Mas também nunca esperei que me desses noites em branco e que me quebrasses o coração. Eras o meu príncipe, o meu porto de abrigo. E agora, já nem isso és. Agora és apenas a dor que me consome, e a saudade que me mói. Desculpa meu pequeno lírio, mas eu já não sou forte para aguentar as palavras mal ditas, e os argumentos mal utilizados. Desculpa-me, mas eu não aguento mais.

4 comentários:

Maria Inês disse...

ADORO, VENERO, AMO !
amor, calma, tu vais conseguir ultrapassar tudo :x eu sei que tu és forte e consegues. é tão difícil e eu que o diga, mas às vezes temos que ignorar essas coisas e ser capaz de seguir e ser feliz.
quero o teu sorriso :') alguma coisa, estou aqui ! <3

Sofia Guedes disse...

o sofrimento um dia passa. tal como tu dizes, doi uma vez.. mas doi mais na segunda.. tens que ser forte, tu vai passar (:
para o que precisares, estou aqui! <3

SofiaM ' disse...

Adoro o texto patricia, embora não adore saber que te sentes assim mas vais conseguir ultrapassar , para o que precisares aqui estou eu , já sabes (:

Patrícia disse...

Honey, envio-te virtualmente boas vibrações e apoio. Um abracinho apertado. Nestas alturas sabe sempre bem.